Social Media na Prática: Como nasce um meme

O CASO

2016 começou e com ele o primeiro meme: a Diferentona. A ideia surgiu no formato de uma resposta irônica às pessoas que acham que são as únicas a fazerem algo.

Não demorou para que esse se tornasse o primeiro grande meme do ano, afinal, o perfil da Diferentona já recebeu mais de 3.800 curtidas no Twitter. No Facebook, obteve mais de 680 mil curtidas.

NA PRÁTICA

Algumas marcas perceberam a repercussão que a “Diferentona” causou nas redes sociais, e resolveram aproveitar a onda para fazer suas próprias versões do meme.

A marca de produtos de beleza Maybelline incluiu o meme em sua agenda de conteúdo. A publicação rendeu 21.925 mil curtidas, 4.464 compartilhamentos e mais de 1.500 comentários, no Facebook.

Mas não é apenas no conteúdo das páginas no Facebook que as marcas podem aproveitar os memes. Quando bem contextualizado, ele pode ser a resposta ideal durante o atendimento para gerar engajamento com os consumidores do seu produto.

Nesse caso, a Coca-Cola aproveitou a oportunidade de interação com uma cliente em dieta e promoveu um dos produtos de seu catálogo, a Coca-Cola Zero:

O meme também pode ser usado para explicar de forma criativa o funcionamento de algum produto ou serviço da sua marca. Assim como a Claro Brasil fez para tirar a dúvida de uma usuária do Twitter e potencial cliente:

O meme também serve para criar uma imagem positiva sobre sua marca e incentivar os hábitos de consumo de maneira sutil e muito eficaz.


Faça o download gratuito de nosso e-book “Priorizando os consumidores mais importantes com o Social CRM” e comece agora uma boa estratégia de atendimento!

Social Media na Prática: Como nasce um meme