Dica Buzzmonitor: como configurar o monitoramento na ferramenta?

Monitoramento Redes Sociais

4226 visualizações

Dica Buzzmonitor: como configurar o monitoramento na ferramenta?

Ao iniciar o monitoramento de marcas no Buzzmonitor, surgem algumas dúvidas em relação a como criar marcas, atualizá-las e o que é possível ser monitorado.

Vamos esclarecer todas essas dúvidas agora mesmo para que nunca mais você precise se preocupar com isso!

 

Criando uma marca no Buzzmonitor

Vá até o módulo Gerenciar Projetos, dentro do menu Monitoramento. Nesta parte você irá cadastrar tudo o que deseja monitorar para sua marca.

 

O que pode ser monitorado?

  • Termos de Busca: neste campo você deve preencher com termos e hashtags que deseja monitorar de forma espontânea nas redes Youtube, Twitter, blogs e Social News. Entenda aqui o que são interações espontâneas.

Se você tem uma hashtag própria, por exemplo, cabe adicioná-la aqui. Neste campo é que usamos o termo booleano. Exemplo: quero criar um monitoramento da coca cola. Os termos devem ser preenchidos assim: "coca cola" OR cocacola OR #cocacola.

Baixe agora mesmo aqui o eBook gratuito sobre a criação de termos de buscas para monitoramento de redes sociais!

 

  • Facebook: neste campo você deve preencher com a URL da página ou post, desde que os mesmos sejam abertos. Também é possível monitorar grupos, desde que você seja o administrador.

Veja aqui como extrair insights de apenas uma publicação de sua marca.

 

  • Twitter: aqui há três opções de cadastro:

1. Usuários para rastrear (essa opção não é obrigatória): você deve preenchê-la se desejar monitorar integralmente a timeline de um usuário específico do Twitter (desde que sua conta não seja fechada).

2. Termos para streaming: esta deve ser preenchida se você estiver monitorando termos ou hashtags. Por exemplo: como estamos monitorando "coca cola", devemos colocar os mesmos termos e hashtags que adicionamos na opção Termos de Busca, só que desta vez separados por vírgula! Por exemplo: coca cola,cocacola,#cocacola.

3. Idioma: Twitter é a única rede que permite filtrar por idioma antes da coleta. Para as demais, essa opção existe apenas na edição do relatório.

 

  • Instagram: para esta rede social não existe monitoramento de termos, somente de hashtags, usuários ou location (o check in de onde a pessoa tirou a foto).

Na opção “tags para buscar”, é necessário preencher com as hashtags que você deseja monitorar, porém sem o símbolo de #.

Em usuários para monitorar, deve-se preencher com o nome do @, porém, sem o símbolo de @ (lembrando que esta opção é para monitorar 100% da timeline do usuário).

É possível monitorar posts apenas de perfis que sejam públicos e comerciais. Não é permitido coletar os comentários dos posts nom os stories dos perfis, ainda é uma limitação da API.

 

  • Youtube: aqui há duas opções de moitoramento:

1. Canais não autenticados: Para quaisquer canais que você não seja o administrador, não é possível monitorar palavras-chave, vídeos ou comentários. É permitido usar o Analytics, com a visualização limtada aos últimos 30 dias.

2. Canais autenticados: Para os canais dos quais você é administrador, é possível monitorar e coletar vídeos e comentários, assim como usar o Analytics. Veja aqui como medir a performance de apenas um vídeo do seu canal do YouTube.

 

  • RSS: o Buzzmonitor já possui uma lista com diversos sites de blogs e notícias cadastradas, porém, você pode adicionar uma URL de um site que deseja monitorar. Nesta opção será coletado 100% das interações do site e não somente o que estiver de acordo com o termo. Ressaltamos que é possível cadastrar somente sites que possuem comunicação RSS. Entenda aqui como funciona o monitoramento de páginas e blogs com RSS.

 

  • Localização & Linguagem: nesta opção é recomendável adicionar sempre todos os países e, na opção de idioma, selecionar a língua que deseja para seu monitoramento (usualmente o português). Sugerimos que se a marca não é um termo comum em outras línguas que deixe sem filtro, pois isso vai ampliar os resultados da sua busca.

 

Opções de Monitoramento

Ao adicionar um perfil, página ou canal para monitorar, é possível selecionar a opção Monitoramento, que reúne todo o conteúdo em texto (publicações e comentários), e Analytics, que reúne dados obtidos a partir das métricas de performance. O acesso a esses recursos depende do plano contratado pela marca.

*LinkedIn: Embora a rede ainda apareça nas opções de sincronização, não é mais permitido fazer o monitoramento de perfis e publicações do LinkedIn porque a API foi fechada no final de abril. É possível apenas fazer a consulta de dados já coletados nesta rede.

Veja aqui um exemplo de configuração de monitoramento no Buzzmonitor!

Atualizando uma marca no Buzzmonitor

A atualização de uma marca no Buzzmonitor é muito simples! Você precisará fazer isso caso precise adicionar ou excluir informações no cadastro inicial (como hashtags, locations, termos, etc.).

Para atualizar, basta ir até o módulo Gerenciar Projetos, dentro do menu Monitoramento, selecionar a área o que você deseja alterar as informações e acrescentar/retirar o que for necessário.

Por exemplo: você deseja adicionar hashtags para monitorar em Twitter. Então selecione o Twitter e acrescente as hashtags. Lembrando que em Twitter é necessário colocá-las com o símbolo de # e em Instagram sem o símbolo de #.

 

Dica: veja aqui como sincronizar as redes sociais ao Buzzmonitor.

 

Comece agora mesmo o monitoramento de sua marca com o Buzzmonitor!

USE GRÁTIS O BUZZMONITOR

Comentários

Deixe um comentário