Entre a política e a pandemia: análise sobre o consumo de notícias no Facebook

Notícias

355 visualizações

Entre a política e a pandemia: análise sobre o consumo de notícias no Facebook

O cenário político sempre fez parte da pauta dos noticiosos, mas 2020 dividiu as atenções com um nova temática: a pandemia. Para entender como os veículos de comunicação abordaram ambos os temas, comparamos os cinco primeiros meses de 2020 isolando as notícias que diziam respeito exclusivamente ao cenário político versus aquelas que abordavam exclusivamente a pandemia. 

Nossa base de notíciosos acompanha diariamente os posts de mais de 1.700 páginas que veiculam conteúdos noticiosos no Facebook. De 1 de janeiro a 31 de maio estas páginas compartilharam ao todo 1.197.859 publicações sendo 16% (195.468) sobre política e 15% (176.195) sobre a pandemia. Nosso estudo revela que apesar da gravidade da temática envolvendo a crise sanitária, no Brasil, as questões políticas dividiram a quantidade de notícias produzidas. Para efeito comparativo, segundo o NYT, nos Estados Unidos, no mês de março, mais da metade do consumo de notícias no Facebook correspondia ao coronavírus.

Segundo o estudo, o pico de veiculação de notícias sobre o coronavírus aconteceu em abril com 27% de participação de todas as notícias no Facebook e o pico de política acontece em maio com 19% do total de notícias veiculando os embates entre o presidente Bolsonaro e o Supremo Tribunal Federal.

Agrupamos estas notícias em um gráfico de termos para entendermos detalhes de seus conteúdos e, em nosso levantamento, notamos que matérias sobre a pandemia indicam atualizações do cenário de expansão do vírus ao redor do país e os impactos em números de mortos. Por outro lado, quando analisamos o cenário político as demissões dos representantes dos ministério feitas por Bolsonaro e suas discussões com a Polícia Federal foram as temáticas mais representativas no todo.

Top termos sobre a pandemia

Top termos sobre política

Também investigamos as páginas responsáveis pela maior participação de publicações sobre cada um dos temas e a quantidade de notícias que veicularam de 01 de janeiro a 31 de maio:

Top 10 páginas noticiando a pandemia

Top 10 páginas noticiando política


 

Por fim, fizemos um ranking com as notícias por tipo de reação (Facebook Reactions) e selecionamento aquela que teve maior representatividade dentro de cada categoria de reação:

 

Ranking de reações em notícias sobre a pandemia

Reação Engajamento Página Conteúdo
Amei 38.256 Quebrando o tabu Recorde mundial da live da cantora Marília Mendonça para arrecadar fundos contra o coronavírus.
Haha 33.179 Esporte interativo Sátira envolvendo o Corinthians na libertadores em 2000 para ser reprisada na quarentena.
Uau 7.465 Fatos desconhecidos Imagem do céu da capital das Filipinas antes e depois da quarentena.
Triste 43.578 Portal R7 Avô conhecendo o neto recém nascido pela janela de casa durante a quarentena.
Urgg 27.261 G1 A fala de Bolsonaro (“Quer que eu faça o quê?”) sobre o número de mortes por coronavírus no Brasil.

 

Ranking de reações em notícias sobre política

Reação Engajamento Página Conteúdo
Amei 16.572 Quebrando o tabu Senado decide adiar integralmente o ENEM
Haha 26.882 Sensacionalista Sátira sobre a relação entre Bolsonaro e Paulo Guedes.
Uau 5.989 Quebrando o tabu Após demissão Mandetta denuncia a intenção de Bolsonaro em mudar a bula da cloroquina a fim de indicar para tratamento de COVID-19.
Triste 31.073 G1 Anúncio da demissão de Mandetta do ministério da saúde.
Urgg 31.181 Quebrando o tabu Polícia Federal solicita arquivamento do inquérito contra Eduardo Bolsonaro.

 

Fonte: Buzzmonitor

Período: 01 de janeiro a 31 de maio

Base: 1.197.859 notícias publicadas

Termos booleanos para política: ("Presidente" OR governo OR "Bolsonaro" OR "ministro" OR "ministerio" OR "moro" OR "polícia federal") -coronavirus -covid19 -corona -isolamento -quarentena

Termos booleanos para pandemia: (coronavirus OR covid19 OR corona OR isolamento OR quarentena) -Presidente -governo -ministro -ministério -moro -"polícia federal"

Solicite um consultor

Comentários

Deixe um comentário