Facebook lança nova ferramenta para verificação de notícias no Brasil

Notícias

736 visualizações

Facebook lança nova ferramenta para verificação de notícias no Brasil

O Facebook acaba de lançar no Brasil, em parceria com as agências de checagem Aos Fatos e Agência Lupa, novo programa para verificação de notícias. As agências terão acesso às notícias denunciadas como falsas dentro do Facebook para verificar a veracidade dos fatos. O programa também conta com a checagem de integrantes da International Fact-Checking Network (IFCN), da Poynter.

Caso a notícia não seja verdadeira, ela terá sua distribuição orgânica reduzida significativamente no feed de notícias. Páginas do Facebook que compartilham com frequência notícias falsas terão o alcance diminuído também. O objetivo é combater a disseminação de fake news na rede social.

 

(Fonte imagem: Facebook Newsroom)

 

Nos Estados Unidos, a ferramenta já está em uso e permitiu reduzir em até 80% a distribuição orgânica de notícias consideradas falsas por agências de verificação parceiras no país.

“Estamos comprometidos em combater a disseminação de notícias falsas no Facebook. Essa parceria com Aos Fatos e Agência Lupa é mais um passo em nossos esforços para combater a desinformação e melhorar a qualidade das notícias que as pessoas encontram no Facebook”, afirma a líder de parcerias com veículos de mídia do Facebook para América Latina, Cláudia Gurfinkel. (Fonte: Facebook Newsroom)

Além de reduzir o alcance de conteúdos falsos, o Facebook também enviará notificações para pessoas e administradores de páginas que tentarem compartilhar aquele conteúdo, alertando que a veracidade da publicação foi questionada por agências de verificação de notícias.

E mais: notícias falsas não poderão ser patrocinadas e, páginas que publicarem com frequência conteúdos questionáveis, serão proibidas de usar anúncios para alcançar maior audiência.

 

Agências Lupa e Aos Fatos foram atacadas virtualmente

Após o anúncio da parceria das agências com a ferramenta do Facebook, ambas as agências foram atacadas e tiveram suas credibilidades postas à prova.

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) emitiu uma nota de repúdio aos ataques sofridos pelas agências de checagem de notícias. Confira a nota na íntegra no site da Abraji.

 

 

Referências: Facebook Newsroom e Piauí

USE GRÁTIS O BUZZMONITOR

Comentários

Deixe um comentário