Em semana agitada, auxílio emergencial vira assunto nas redes sociais.

Notícias

347 visualizações

Em semana agitada, auxílio emergencial vira assunto nas redes sociais.

No dia 16 de abril os trabalhadores afetados com a pandemia começaram a receber da Caixa Econômica Federal a primeira parcela do fundo emergencial. (G1).

Com isso, o volume de interações nas redes sociais sobre esse assunto cresceu a ponto de atingir 70.947 publicações, segundo dados do Buzzmonitor Trends, dentro do período de 7 dias (16/04/2020 até 23/04/2020). 

Como esperado, no dia em que começaram os pagamentos, houve pico de interações monitoradas no Buzzmonitor Trends, com o total de 12.806 posts movimentando o assunto auxílio emergencial. Com sete dias de programa social funcionando, tivemos o anúncio da Caixa Econômica Federal junto com o Ministério da Cidadania adiando o pagamento da 2º parcela para o mês de maio. 

O Twitter é a rede social com maior número de menções no período analisado, com 54,13% dos posts, logo atrás aparece o Facebook com 39,93% e o Instagram com apenas 5,94%.

 

Dos 70.947 posts analisados, um número curioso: 91.2% das publicações são classificadas pelo Buzzmonitor com o sentimento negativo (veja aqui como funciona).

O número alto vai de encontro com a #auxilioemergencialnegado: hashtag que apareceu no dia 20/04 nos Trendings Topics do Twitter, indicando a insatisfação com o sistema de aprovação da caixa pelos internautas. 

Ainda sobre os internautas que fizeram essas interações, a diferença de 1,5% entre os gêneros das pessoas que falaram sobre esse assunto, o que demonstra equilíbrio.

 

Top Posts 

Nos top posts do Instagram aparecem três situações inteiramente distintas. Uma delas é o anúncio no perfil da Caixa Econômica Federal falando sobre como dar entrada ao benefício, atingindo 66 mil interações. 

As outras duas publicações que aparecem no nosso top 3 apresentam os efeitos da pandemia nos brasileiros. O bairro do Paraisópolis em São Paulo é o destaque da publicação do site Mídia Ninja, atingindo 83 mil interações. O post fala sobre como os moradores do bairro paulistano se comportam durante a pandemia e a falta de recursos

Por fim, o top post é um vídeo da cantora carioca Anitta, junto com outros artistas, em favor da arrecadação de fundos para hospitais brasileiros. O vídeo atingiu 141 mil interações. 

 

 

Solicite um consultor

Comentários

Deixe um comentário